Crise interna leva MEC a demitir coordenador de alfabetização

02/12/2019

 

Principal defensor do método fônico, o psicólogo Renan Sargiani foi exonerado; ordem do ministro seria ampliar gastosCoordenadores da equipe de alfabetização do Ministério da Educação (MEC) foram exonerados nos últimos dias, em meio a críticas sobre a inoperância da pasta. Um dos demitidos é o psicólogo e pesquisador Renan Sargiani, o principal defensor do método fônico para alfabetizar crianças e presidente da comissão de especialistas que deveria estruturar diretrizes para a área.A melhora da alfabetização no País, que tem mais de 50% de crianças que não sabem ler no nível adequado, foi colocada como prioridade para os primeiros cem dias do governo Bolsonaro. Até hoje, porém, não há direcionamento sobre como o MEC vai atuar na área. Os documentos apenas direcionam para um método de ensino em que o foco é o som das letras, algo polêmico, uma vez que cidades em que crianças têm os melhores desempenhos em leitura e escrita mesclam metodologias.Veja o texto na íntegra: O Estado de S. PauloO Estado de S. Paulo não autoriza a reprodução do seu conteúdo na íntegra para quem não é assinante. No entanto, é possível fazer um cadastro rápido que dá direito a um determinado número de acessos.

Créditos: http://www.jornaldaciencia.org.br/edicoes/?url=http://jcnoticias.jornaldaciencia.org.br

Rua Joaquim Távora, 629 • Vila Mariana • 04015-001 • São Paulo • SP
Promoção: (11) 5084-2482 / 5571-1122 • Fax: (11) 5575-6876
Vendas: (11) 5549-2244 / 5571-0276 / 5084-2483 • Fax: (11) 5571-9777
Copyright © 2011 por editora HARBRA. Todos os Direitos Reservados.