Carteirinha estudantil custará R$ 1,5 milhão a mais do que o previsto

27/11/2019

 

Segundo MEC, após estimativas preliminares, custo aumentou devido ao desenvolvimento de softwareA carteirinha estudantil emitida pelo Ministério da Educação (MEC) terá um custo de R$1,5 milhão a mais que o previsto inicialmente pelo órgão. Documentos internos obtidos pelo GLOBO via Lei de Acesso à Informação estimavam um custo de R$10,5 milhões ao ano para a emissão dos documentos. Em anúncio de lançamento, nesta segunda-feira, no entanto, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que o custo será de R$12 milhões. Weintraub afirmou que já há 600 mil alunos cadastrados para emitir a ID Estudantil em todo Brasil.De acordo com o MEC, gastos acabaram subindo devido à necessidade de desenvolvimento de software para viabilizar o modelo, mas o valor por carteirinha acabou caindo de R$0,17 para R$0,15.Veja o texto na íntegra: O GloboO Globo não autoriza a reprodução do seu conteúdo na íntegra para quem não é assinante. No entanto, é possível fazer um cadastro rápido que dá direito a um determinado número de acessos.

Créditos: http://www.jornaldaciencia.org.br/edicoes/?url=http://jcnoticias.jornaldaciencia.org.br

Rua Joaquim Távora, 629 • Vila Mariana • 04015-001 • São Paulo • SP
Promoção: (11) 5084-2482 / 5571-1122 • Fax: (11) 5575-6876
Vendas: (11) 5549-2244 / 5571-0276 / 5084-2483 • Fax: (11) 5571-9777
Copyright © 2011 por editora HARBRA. Todos os Direitos Reservados.