Cabe ao Inep fazer a gestão do Enem, diz ministro da Educação

29/11/2018

 

Rossieli Soares criticou projetos do governo Bolsonaro como Escola Sem Partido e o ensino a distânciaSem citar Jair Bolsonaro, o ministro da Educação Rossieli Soares disse que, por questão de segurança, a prova do Enem deve permanecer na esfera do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Bolsonaro declarou que gostaria de ver as provas antes, sob alegação de que quer evitar questões polêmicas para os alunos. O ministro disse que o próximo governo pode mudar as regras, mas até agora a elaboração das provas não passava pelo crivo de outras autoridades do governo.O ministro afirmou ainda que não defende o ensino à distância no ensino fundamental, disse ser contra a ideologização e partidarização dentro das escolas, mas entende que a escola não pode ser censurada e que ela precisa ser capaz de resolver os seus conflitos. Ele também destacou que ainda não foi procurado pelo ministro da Educação anunciado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, o colombiano Ricardo Vélez.Veja o texto na íntegra: O GloboO Globo não autoriza a reprodução do seu conteúdo na íntegra para quem não é assinante. No entanto, é possível fazer um cadastro rápido que dá direito a um determinado número de acessos.

Créditos: http://www.jornaldaciencia.org.br/edicoes/?url=http://jcnoticias.jornaldaciencia.org.br

Rua Joaquim Távora, 629 • Vila Mariana • 04015-001 • São Paulo • SP
Promoção: (11) 5084-2482 / 5571-1122 • Fax: (11) 5575-6876
Vendas: (11) 5549-2244 / 5571-0276 / 5084-2483 • Fax: (11) 5571-9777
Copyright © 2011 por editora HARBRA. Todos os Direitos Reservados.