Os direitos humanos estão acima do patamar de qualquer ideologia, diz presidente do CNE

31/10/2017

 

Eduardo Deschamps criticou que anulação de regra sobre redação aconteça tão próximo ao ExameO presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Eduardo Deschamps, criticou a decisão judicial que tenta mudar as regras da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a poucos dias da aplicação da prova, que acontece nos dias 5 e 12 de novembro. Segundo Deschamps, a medida pode trazer prejuízo para os candidatos, que se prepararam para o modelo vigente. Na quarta-feira, o desembargador federal Carlos Moreira Alves, do Tribunal Regional Federal, suspendeu o critério que anula o texto dos candidatos em caso de violação dos direitos humanos. Em entrevista ao GLOBO, Deschamps ressalta ainda que o tema está acima de ideologias, e trata-se de um preceito firmado internacionalmente.Leia na íntegra: O GloboO Globo não autoriza a reprodução do seu conteúdo na íntegra para quem não é assinante. No entanto, é possível fazer um cadastro rápido que dá direito a um determinado número de acessos.

Créditos: http://www.jornaldaciencia.org.br/edicoes/?url=http://jcnoticias.jornaldaciencia.org.br

Rua Joaquim Távora, 629 • Vila Mariana • 04015-001 • São Paulo • SP
Promoção: (11) 5084-2482 / 5571-1122 • Fax: (11) 5575-6876
Vendas: (11) 5549-2244 / 5571-0276 / 5084-2483 • Fax: (11) 5571-9777
Copyright © 2011 por editora HARBRA. Todos os Direitos Reservados.